Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Paixão em Florença

“Florença. Uma magnífica casa nas colinas serve de cenário para um sonho que, subitamente, se transformará em pesadelo… Nesse refúgio de tranquilidade, as violentas emoções do passado são momentaneamente eclipsadas e Mary Panton pode encarar calmamente as perspectivas do seu segundo casamento com Sir Edgar Swift – que ela admira e respeita, mas não ama.

Um simples acto de compaixão, o desejo de proporcionar alguma beleza à vida atribulada e infeliz de um jovem refugiado, vai no entanto dar início a um pesadelo de violência que destruirá a ténue serenidade de Mary. Intuitivamente, ela vai confiar na ajuda e compreensão de Rowley Flint, um estranho de reputação mais que duvidosa. E compreenderá com ele que rejeitar o amor, mesmo com todos os seus múltiplos riscos, é rejeitar a própria vida.”
 
Cenas da Vida de São Francisco, Domenico Ghirlandaio
 
Este é definitivamente um ano de estreias. Desta vez uma obra, de 1941, de Somerset Maugham, um dos mais famosos romancistas britânicos do século XX. A acção ocorre no final dos anos 30 após o discurso de Hitler na varanda de Laundhaus, em Linz, quando a Alemanha invadiu a Áustria. Já o cenário mais frequente é uma “villa” no cimo de uma colina com vista para as cúpulas e torres de Florença.
 
A leitura revelou-se bastante agradável, um pequeno romance de cerca de 120 páginas, com toques de arte, tão característica de Florença, com suspense muito bem conseguido e, ainda, com uma parte mais introspectiva ao conhecermos Mary, a personagem principal, os seus sentimentos entre três homens bastante diferentes entre si e as suas reacções a um conjunto de acontecimentos surpreendentes que a envolvem ao longo da obra. A escrita de Somerset foi sempre muito cativante e conseguiu fazer sentir-me feliz tal como Mary, quando apreciava a beleza de Florença, pela sua descrição tão pitoresca, que a deslumbrava enquanto tomava chá, pela tarde, no terraço da casa, do século XVI, dos seus amigos Leonards.

 

 

quero conhecer: O Fio da Navalha do mesmo autor!
publicado por Sara às 13:45

link do post | comenta | adiciona aos favoritos
|
4 comentários:
De Iceman a 3 de Agosto de 2009 às 00:32
Viva!
Adquiri de facto esse livro na minha última visita aos Alfarrabistas do Chiado.
No entanto e independentemente da qualidade da obra, quero referir que admiro imenso Somerset Maugham. Estou a findar o Fio da Navalha, obra belíssima.
No entanto aconselho vivamente "Servidão Humana", um dos livros da minha vida.
http://nlivros.blogspot.com/2007/07/servido-humana-somerset-maugham.html
De Sara a 3 de Agosto de 2009 às 13:30
Olá Iceman!!

Foi a primeira obra que li deste escritor e adorei! Fiquei com grandes expectativas e quero muito ler o Fio da Navalha mas agora adiciono também Servisão Humana à wishlist

Muito obrigada pelas tuas sugestões. E espero que continues a vir visitar o meu blog. É um espaço simples mas feito com muito amor ao tema!
De Iceman a 3 de Agosto de 2009 às 14:04
Já adicionei o teu blog que é, de facto, muito interessante.

outra coisa: Vi que estás a ler o "Deus das Moscas". Tens bom gosto. Excelente livro!
De Sara a 3 de Agosto de 2009 às 20:03
Obrigada Iceman!


Mas não tenho, de todo, a "vossa" bagagem literário nem o vosso jeito para as palavras!


Mas adoro ler 

Comenta

.subscrever feeds

.pesquisa aqui!

 
Sugestões? Parcerias? Escreve-me para: as23horas@gmail.com

.Estou a ler:

.últ. comentários

Olá..Sou do Brasil...e estou procurando desesperad...
Fiquei curiosa, especialmente com o primeiro :)
O do Tiago Rebelo tem sido um sucesso. Vale a pena...
Olá *-* Ando à procura de blogs de Portugal com qu...
Adorei o blog e as avaliações. Bom, eu escrevo con...
gostei do blog. quando puder dá uma conferida no m...
Terminei este livro anteontem e ainda estou sob o ...
o último segredo... http://www.youtube.com/watch?...
Que pena que Susanna Tamaro não tenha passado pelo...
Perfeito!Aguardo o seu comentário no meu blog:este...

.links

.arquivos